Logo do Centro Cultural Bom Jardim

Bússola Cultural alcança mais de 180 artistas e lança o Momento Bússola ocupando outros espaços culturais

17/02/2022

Texto: Equipe da ASCOM

Fotos: Flávia Almeida (Acervo CCBJ) e Acervo Pessoal

O atendimento presencial Bússola Cultural é realizado de forma virtual e presencial no CCBJ e agora a novidade, que ele passa a ser oferecido em outros espaços culturais com o “Momento Bússola”, visando uma proximidade maior com os artistas e grupos e a ampliação do atendimento. O atendimento busca dar suporte aos artistas, com orientação, esclarecendo dúvidas nos processos de participação de editais, preparação de material, prestação de contas e inscrições. (arquivo CCBJ - foto: Flávia Almeida). O atendimento presencial Bússola Cultural é realizado de forma virtual e presencial no CCBJ e agora a novidade, que ele passa a ser oferecido em outros espaços culturais com o “Momento Bússola”, visando uma proximidade maior com os artistas e grupos e a ampliação do atendimento. O atendimento busca dar suporte aos artistas, com orientação, esclarecendo dúvidas nos processos de participação de editais, preparação de material, prestação de contas e inscrições. (arquivo CCBJ - foto: Flávia Almeida).

O projeto Bússola Cultural é um serviço de atendimento gratuito do Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ), equipamento da Secretaria da Cultura do Governo do Ceará (SECULT), gerido em parceria com o Instituto Dragão do Mar (IDM) e a Assessora Técnica de Projetos Culturais do CCBJ, Monique Souza,  do Centro Cultural Bom Jardim. 

O objetivo do Bússola Cultural é fortalecer e contribuir com os processos de construção de grupos, artistas e coletivos, para a elaboração de propostas artísticas nas diversas linguagens. Os grupos e artistas, agendam o atendimento com a assessoria de projetos culturais do CCBJ.O atendimento busca dar suporte aos artistas, com orientação, esclarecendo dúvidas nos processos de participação de editais, preparação de material, prestação de contas e inscrições. O atendimento é realizado em duas etapas: orientação e retorno e pode acontecer no formato virtual ou presencial. Logo mais é destacado como fazer para se ter acesso ao projeto Bússola Cultural.

No ciclo de 2021/2022.1, o Bússola Cultural prestou atendimento para artistas, durante o período de inscrições de projetos na Lei Aldir Blanc. Foram cerca de 70 artistas atendidos (as) de forma direta, totalizando mais de 100 horas de atendimento. Já em 2020, primeiro ano da pandemia, o Bússola Cultural prestou atendimento para artistas durante o período de inscrições de projetos na Lei Aldir Blanc, além de conseguir apoio financeiro para 15 grupos artísticos do território do GBJ e beneficiar 101 artistas com apoio financeiro para a manutenção de suas atividades artísticas e culturais através dos atendimentos.

Artistas atendidos pelo Bússola

Cleber Alves (de blusa branca), por Gabriel Lage e Thaís Emília, @flutuante.produtora e @ciadeitapaje

O CCBJ conversou com dois artistas , que passaram pelos serviços ofertados pelo Bússola Cultural. Orlando Alves Ribeiro e Cléber Alves dividiram parte de suas jornadas  artísticas atravessadas pelo Centro Cultural Bom Jardim.

Cleber Alves é diretor da Cia de dança de Itapajé e também morador da Granja Portugal. Ele comenta que conheceu o projeto Bússola por meio das redes sociais do CCBJ e em seguida, já se interessou em saber mais informações sobre o serviço “Logo busquei informações de como poderia participar das consultorias para desenvolver meus trabalhos artísticos tanto solo como grupo. O Bússola Cultural teve e continua tendo uma importância imensa nas elaborações de projetos, acompanhamento e prestações de conta dos meus projetos e da Cia. Pude perceber o quanto evolui e aprendi a finalizar um bom projeto com eficiência. Sou grato pela oportunidade e parabenizo por esse projeto tão importante e que bom que ele é acessível a todos os artistas e principalmente aqueles que fazem parte do Grande Bom Jardim”, destaca o artista que durante as conversas com a equipe CCBJ, estava em plena escrita de projetos para editais. O CCBJ é incentivado por depoimentos como esses que fortalece o fazer diário do equipamento.

O outro artista atendido pelo Bússola Cultural é Orlando Alves Ribeiro e o CCBJ convidou para conversar sobre sua jornada artística e o encontro com o CCBJ. Orlando é de Teresina (PI), porém mora em Fortaleza há mais de quarenta anos.  Ele comenta que buscou o Bússola para suporte numa demanda bem burocrática: auxĺio emergencial. Segundo ele, foi um trabalho extenuante, burocrático, que carecia de um  conhecimento tecnológico e cultural sobre os trâmites a serem seguidos. 

“Conhecimentos tais que não tenho, nem sobre a eficiência na informática, nem aos caminhos ordinários necessários à obtenção desse benefício. A primeira vez que conheci os serviços da Bússola foi para me ajudar na logística acerca do  auxílio financeiro aos profissionais do setor de eventos, de duas parcelas de quinhentos reais. Nesse projeto o Bússola, através da Monique, foi essencial. Contei com ajuda incondicional, paciente e, extremamente agradável de um ser de luz que tive a sorte de encontrar, no Bússola, cujo nome é Monique”, aponta Orlando.

Para o artista o Bússola, através da Monique vem superando suas expectativas. Recentemente, ele contou que buscou novamente os serviços do Bússola para inscrição na plataforma cultural e artística do Sesc e quase ia desistindo de se candidatar ao processo seletivo. “Monique, brava, incansável ficou no primeiro dia quase três horas comigo em nossos computadores, cada um em seu espaço; e por causa do excesso de coisas que eram exigidos não concluímos. No segundo dia, lá está o Bússola, muito bem representado por Monique. Dessa vez, ficamos mais de três horas e não concluímos por causa de meu cansaço ante os documentos que precisavam ser providenciados com o tempo exíguo, e apesar da doce insistência de Monique para eu não desistir, sucumbi. Eis que no outro dia, salve engano num domingo, eu vejo a mensagem da Monique dizendo que a inscrição do projeto foi adiada e ela me perguntou quase como uma energia transformadora a impulsionar-me naquilo que ela sabia que era importante e que seria muito  necessário para meu projeto literário, diante dessa força e doação extremamente solícita por essa ótima profissional, novamente sucumbi, dessa vez para o lado bacana que foi a conclusão de minha inscrição”, divide a experiência de acompanhamento do artista junto a assessoria do Bússola Cultural.

A força de vontade em aprender e o talento desses artistas que representam tantos outros atendidos pelo CCBJ é o que motiva a busca em um atendimento de excelência.

Bússola Cultural em novas direções

Por Flávia Almeida (Acervo CCBJ)

Além do atendimento, o serviço se estende com uma série de conteúdos disponíveis nas  redes sociais, através do “Bússola Indica”, com a sugestão da lista de editais abertos, em formato de podcast, lives, textos, cartazes e vídeos nas redes sociais. Só conferir no Instagram, Facebook e Youtube CCBJ.

O “Momento Bússola” é a novidade deste ano de 2022 e visa alcançar outros espaços culturais, além do CCBJ, chegando assim, mais perto da comunidade e dialogando com mais artistas. “Visando ampliar o alcance do serviço,  a assessoria do Bússola Cultural agora disponibiliza a possibilidade de solicitação para atendimentos “Momento Bússola”, em espaços culturais independentes, prioritariamente localizados no território do Grande Bom Jardim e seguindo os protocolos sanitários”, explica Monique Sousa. 

A assessoria esclarece que esse encontro presencial nas sedes ou nos espaços culturais foi uma das solicitações dos grupos e o CCBJ abre espaço para atender essa demanda com o Momento Bússola. “A gente quer muito que os artistas solicitem essa demanda para poder atender mais em um momento, assim ampliamos o serviço do Bússola, complementa Monique. Além disso, neste mês de fevereiro, o Bússola Cultural participa de dois momentos virtuais internos, exclusivos com os grupos vinculados em parceria com o Núcleo de Articulação Técnica e Especializada (NArTE). Um aconteceu dia 12/02 e outro dia 18/02, em formato virtual.

15/02 Bússola Cultural e o encontro da Rede de Cultura Infância: via google meet (ação interna)

Release: O Cultura Infância desde de outubro de 2021 vem realizando encontro periódicos com associações comunitárias do Grande Bom Jardim, com o intuito da construção coletiva de uma Rede de Cultura Infância do GBJ, a fim de fortalecer o propósito de cada uma dessas iniciativas e da criação de uma rede com ações sistemáticas pensadas para nosso público alvo, as crianças! Será dia 15/02, às 18h pelo Google Meet. 

18/02 Bússola Cultural e o encontro com as Iniciativas Comunitárias 2021: via google meet (ação interna)

Release: No dia 18 de fevereiro, as Iniciativas Comunitárias do NArTE terão um momento de conversa com Monique Sousa, Assessora Técnica de Projetos Culturais do Centro Cultural Bom Jardim. Na ocasião, será dialogado sobre editais culturais e leis de incentivo a cultura aplicáveis em diversas linguagens, visando estimular a participação em diversos editais e outras ações de acesso e visibilidade aos artistas e instituições, bem como orientação, esclarecendo dúvidas nos processos de participação dessas oportunidades.

Bússola Cultural

Por Flávia Almeida (Acervo CCBJ)

Público-alvo:

O atendimento é direcionado para artistas, agentes comunitários, produtores culturais, coletivos, grupos artísticos e instituições do cenário artístico cultural, prioritariamente do território do Grande Bom Jardim e outras comunidades periféricas.

Serviços do Bússola Cultural

O Bússola Cultural é uma iniciativa do CCBJ, por meio da sua Ação Cultural e oferece os seguintes serviços:

  • Revisão, análise e desenvolvimento de projetos para editais culturais, aplicáveis em diversas linguagens, visando estimular a participação em diversos editais e outras ações de acesso e visibilidade aos artistas e instituições;
  • Orientação, esclarecendo dúvidas nos processos de participação de editais;
  • Orientação na preparação de materiais como portfólio, currículo, orçamento, plano de comunicação e entre outros;
  • Orientação e dúvidas simples em prestação de contas  de editais;

Agendamento para o atendimento do Bússola Cultural:

Atendimento on-line:

Para agendar seu atendimento, clique aqui e preencha o formulário. Em seguida, a equipe CCBJ entra em contato por e-mail para confirmação do encontro virtual.  Caso possua dúvida no preenchimento, pode enviar para o e-mail para bussolacultural.ccbj@idm.org.br .

Atendimento presencial:

Em casos de dificuldades de acesso à internet ou se preferir o atendimento presencial, o agendamento pode ser feito por meio de formulário impresso, solicitado no setor da Ação Cultural (Rua Três Corações, 400, Bom Jardim) e também pode ser solicitado via formulário ou e-mail. 

Observações sobre o atendimento:

Tolerância: 

É preciso sinalizar no formulário se o agendamento é presencial ou virtual. A tolerância de atraso do atendimento é de 20 minutos de tolerância. Após o  período de tolerância excedido e sem nenhuma comunicação à assessoria do Bússola passa para  outra demanda. Neste caso é necessário remarcar o atendimento, seguindo as orientações acima e mantendo a pontualidade.

Cancelamento:

E em caso de cancelamento do agendamento, é necessário informar à assessoria do Bússola, com o prazo de 24h de antecedência, para que a equipe possa se organizar e remanejar a agenda de atendimentos.

Conheça Monique Souza: Assessora Técnica de Projetos Culturais do CCBJ, Monique Souza,  do Centro Cultural Bom Jardim

Acervo pessoal

Produtora  e Gestora Cultural ,  desde 2011.

Formação Acadêmica:

  • Técnica em Produção Cultural pelo Senac em parceria com a Secultfor e IMPARH
  • Graduada em Design Gráfico pela UNI7 (PROUNI)-
  • Pós-graduada no MBA em Gestão Cultural do Instituto BSB em parceria com a UVA
  • Formação em Gestão para a Cultura Tradicional e Popular pelo Instituto De Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará – UFC

Atuação artística:

Poetisa, Aspirante a palhaçaria e cinéfila de carteirinha.

Serviço CCBJ: Bússola Cultural

Serviço:  revisão, análise e desenvolvimento de projetos, aplicáveis em diversas linguagens, visando estimular a participação em diversos editais e outras ações de acesso e visibilidade aos artistas e instituições.

Atendimento on-line ou atendimento presencial realizar o agendamento:formulário bússola

*Observar as orientações para cancelamento, reagendamento e tolerância.

Horário de atendimento: 

Local: CCBJ – sala da Ação Cultural – Rua Três Corações, 400, Bom Jardim

Profissional: Monique Souza. 

Contato:  bussolacultural.ccbj@idm.org.br .

 Público: artistas, coletivos, grupos e instituições do terceiro setor

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Categorias

Comentários

0 Comentários

  |   Deixe um comentário »

Deixe o seu comentário!