Logo do Centro Cultural Bom Jardim

CCBJ INICIA NOVO CICLO E DIVULGA PANORAMA DE RESULTADOS DO CICLO 2020

10/05/2021

O CCBJ começa um novo ciclo a partir da entrada dos recursos provenientes do Contrato de Gestão 2021 e Fundo de Combate à Pobreza (FECOP), publicados no dia 06 de maio no Diário Oficial do Estado.

O CCBJ começa um novo ciclo a partir da entrada dos recursos provenientes do Contrato de Gestão 2021 e Fundo de Combate à Pobreza (FECOP), publicados no dia 06 de maio no Diário Oficial do Estado. 

(Disponível:http://imagens.seplag.ce.gov.br/PDF/20210506/do20210506p01.pdf                    a partir da pág. 11).

Com a recepção dos recursos as equipes de prestadores de serviços que compõem a maioria das produções do Centro retornam suas atividades, potencializando ainda mais a execução das metas e ações. O Contrato de Gestão 2021 com o Instituto Dragão do Mar, no valor de R$ 6.900.000,00 (seis milhões e novecentos mil reais).

NOVA GESTÃO

O novo ciclo traz muitas novidades, que poderão ser acompanhadas no decorrer dos próximos dias, através das nossas redes sociais (Instagram e Facebook) e site. Uma delas já foi divulgada oficialmente pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e o Instituto Dragão do Mar (IDM), no dia 7 de abril: Marcos Levi, que antes ocupava a gerência do Núcleo de Articulação Técnica e Especializada (NArTE), integrante do núcleo gestor do equipamento, é o novo gestor do Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ).

Saiba mais: https://www.secult.ce.gov.br/2021/04/07/secult-e-idm-anunciam-novo-gestor-do-centro-cultural-bom-jardim/

O CCBJ abraça a nova gestão e confia em seu trabalho para essa nova jornada. Desde 2006, ano da fundação do equipamento, alguns gestores passaram e deixaram suas contribuições enquanto servidores públicos, a nível de gestão. A transição para nova vacância aconteceu por motivos pessoais, em que a gestora Trícia Matias, pediu desligamento do cargo para alcançar outros desafios profissionais. 

PANORAMA DE RESULTADOS CICLO 2020

Além de celebrar as novidades que chegam com o novo ciclo, o CCBJ também veio tornar público o panorama de resultados do ciclo de 2020. O equipamento recebe cerca de 50 mil pessoas a cada ano, uma média mensurada desde a sua inauguração. 

Em 2020, com a pandemia, foram necessárias muitas adaptações e ajustes nos processos e atividades do Centro. Tais mudanças, aliadas ao comprometimento da gestão e suas equipes, também impactaram na ampliação deste alcance. Somente no Ciclo de 2020, período que compreende janeiro a março de 2021, mantidos pelos recursos do Contrato de Gestão e Projetos Tempos de Cultura do Estadual de Combate à Pobreza (FECOP), o CCBJ realizou mais de 133 mil atendimentos, unindo seus pilares de atuação: no eixo formativo, a Escola de Cultura e Artes, no eixo atenção social, o Núcleo de Articulação Técnica e Especializada (NArTE) e no eixo da difusão, a Ação Cultural, que compreendeu o período de janeiro de 2020 a março de 2021.

O CCBJ esteve presente neste ciclo em 14 estados brasileiros, fora o Ceará. Destes, teve alcance em 39 municípios, sendo 18 cearenses e 21 em outros estados. Na capital cearense chegou a 96 bairros dos 121 e em grande maioria em comunidades periféricas, com baixo IDH e altos índices de violência. 

A Ação Cultural  realizou 505 ações de fruição, reunindo mais de 41 mil espectadores, mais de 2 mil artistas e produtores, totalizando cerca de 44 mil pessoas beneficiadas por suas ações.

A Escola de Cultura e Artes por meio de seus Eixos Formativos ( Laboratórios, Técnicos, Básicos e Ateliês) e seus Programas de Formação (Audiovisual, Cultura Digital, Dança, Música e Teatro) realizou 229 atividades formativas, em mais de 12 mil horas /aula, envolvendo 214 professores,  mais de 8 mil alunos em diversos pontos do país, dentre eles 2.143 bolsistas.  A Escola realizou  171 produtos, 13 atividades de acessibilidade e 45 ações formativas complementares. Ao final do Ciclo alcançou 32.612 pessoas, incluindo os atendimentos gerais de pessoas alcançadas indiretamente.

O Núcleo de Articulação Técnica e Especializada (NArTE), por meio dos seus Eixos de Atuação ( Educação Social, Cultura e Infância, Articulação Comunitária e Assistência Social) realizou neste ciclo 851 atividades de arte-educação, de articulação comunitária, de acolhimento psicossocial para articulação com a rede socioassistencial de atendimentos, no sentido de acolher artistas, alunos (as), frequentadores (as) da cultura diante o crítico momento pandêmico que atravessamos. No total, o NArTE realizou cerca de 13 mil atendimentos, alcançando mais de 56 mil pessoas. Outros destaques, neste período, foram as entregas das cestas básicas (quase 500, atingindo cerca de 470 moradores do Bom Jardim), as ações com os 50 Agentes Criativos e as 30 Iniciativas Comunitárias.

Para conhecer estes e outros  avanços do Ciclo de 2020, acesse o panorama completo: https://www.secult.ce.gov.br/wp-content/uploads/sites/43/2021/04/aqui-1.pdf

O CCBJ continua funcionando no modelo híbrido (virtual e presencial), respeitando os Decretos Estaduais de isolamento social em função da pandemia. O atendimento ao público, por enquanto está sendo de forma virtual, apenas no presencial equipes devidamente autorizadas, conforme a necessidade do equipamento. Para acompanhar as atividades do equipamento durante o ciclo que se inicia, acesse o perfil do CCBJ no Instagram (@centroculturalbomjardim) e Facebook, além de também acompanhar a programação cultural de estreias e lives no canal do CCBJ no YouTube

Acompanhe também a lista de e-mails para contatos direto com os setores CCBJ:

Assistência de Gestão: assistenciadegestaoccbj@gmail.com

Administração: admccbj@gmail.com

Ação Cultural: acaoculturalccbj@gmail.com

Escola de Cultura e Artes: nucleodeformacaoccbj@gmail.com

Narte: narteccbj@gmail.com

Comunicação: ascomccbj@gmail.com

MEMORIAL GESTÃO 2017 A 2020

O CCBJ reconhece o compromisso de todos que passaram pelo Centro e vem registrar os feitos do equipamento. O orçamento do CCBJ vem numa crescente desde 2017 (ver imagem) e em 2020 alcança mais de oito milhões. 

(Fonte: Relatórios CCBJ)

“Após 4 anos, neste mês de abril, minha trajetória profissional junto à gestão do centro cultural encerrou-se. Este novo momento tem sido muito sereno e gratificante, um generoso rito de passagem escolhido, anunciado e bastante acolhedor. Escutei, dialoguei e aprendi muito junto com a equipe CCBJ e comunidade, por meio da Gestão Compartilhada. Sou bastante grata ao Fórum de Cultura do Grande Bom Jardim, parceiro muito caro no âmbito das conquistas dos últimos 6 anos. Estas instâncias sempre foram cruciais e essenciais para garantir os processos de melhorias efetivas para o centro cultural ”, aponta Trícia ao se despedir da gestão.

Acompanhe os avanços que o CCBJ celebra nos últimos anos, tais como ampliação de orçamento, alcance por todo país com as atividades virtuais, estruturação e criação de pilares, lançamentos e realizações. Veja alguns destes feitos durante o período de 2017 a 2020:

  • Foi quadruplicado o orçamento destinado ao CCBJ, via novos projetos com apoio do Fundo Estadual de Combate à Pobreza – FECOP, bem como ampliação do recurso do tesouro estadual; 
  • Implementado a Escola de Cultura e Artes – ECA do CCBJ, que conta com um com 5 Programas (Dança, Audiovisual, Teatro, Música e Cultura Digital) e 4 eixos formativos (Básico, Extensivo/Técnico, Ateliês de Produção e Laboratórios de Pesquisa); 
  • Foi consolidado um Programa de Ação Cultural, tanto no sentido da fruição das artes como da circulação (“Circula CCBJ” e “Rua de Possibilidades”), bem como implementamos a “Bússola Cultural” (assessoria especializada para artistas e grupos do território e de outras periferias); 
  • Foi nomeado a Biblioteca Cristina Poeta, bem como as vielas e ruas do CCBJ com os nomes dos guardiães e guardiãs da memória do GBJ; 
  • Apoiado grupos artísticos do GBJ através de auxílio para manutenção de atividades artísticas e culturais; Lançamos o “Artista em Pauta”, uma importante vitrine para contar a trajetória de artistas periféricos nas redes sociais CCBJ; 
  • Lançado um canal no Youtube que já está com mais de 5 mil inscritos(as) e potencializamos o Instagram, que alcançou de maneira orgânica mais de 11 mil seguidores;
  • Produzido um Plano de Comunicação estruturando o setor e os fluxos;
  • Lançado o novo site CCBJ (ccbj.org.br), com layout moderno e muito mais acessível;
  • Realizado a 1° Mostra das Artes descentralizada no território do GBJ, o Maloca Bom Jardim, uma Mostra de Artes do Bom Jardim no CCBNB, a Mostra Pela Vida, entre outros;
  • Apoiado e patrocinado projetos de pesquisa em cultura e artes através dos Laboratórios, lançamos o primeiro curso técnico de dança numa periferia do Ceará, bem como cursos extensivos em parceria direta com o Instituto de Cultura e Artes – ICA da UFC. 
  • Foi iniciado às vésperas de finalizar a formatação do Projeto Político Pedagógico do CCBJ para apresentá-lo e validá-lo junto à comunidade.
  • Foi elaborado e aprovado o MAPP da Requalificação e Modernização Arquitetônica do CCBJ que, tão logo esta pandemia permitir, penso que o governo retomará com este primoroso projeto.
  • Foi encaminhado o plano para efetivação de 06 novos(as) funcionários(as) celetistas (coordenadores/as de dança e teatro, professores/as de música e cultura digital, assistente social e arte educador social), bem como a retomada de uma vaga para administrativo e outra para infraestrutura.
Compartilhar:

Categorias

Comentários

0 Comentários

  |   Deixe um comentário »

Deixe o seu comentário!